Fitoenergético

A SAÚDE EM SUAS MÃOS

  • Faça seu tratamento de Saúde com Plantas Medicinais

    Agora no Brasil sistema inédito de tratamento profissional de sua saúde com ervas medicinais.
  • *

  • Acesse nosso Site e confira como milhares de pessoas estão se beneficiando-se deste fantástico método. Entregamos para todo território Nacional.
  • Acesse nosso Site

    www.chamedicinal.com.br
  • O Site da Saúde !

  • *

  • Traduza Translate Traduzca Traduca Verschiebt переведите Traduisez μεταφράστε
  • div align="center"> Translate this weblog
    02bandeira-eua01bandeira-ingla

    By
  • ********* Acesse e confira *********


    ******** Como milhares de pessoas estão se beneficinando desta fastástica técnica*********

  • Obsidade Infantil – Plantas Medicinais

    Posted by fitoenergetico em 16/01/2009

    Na última década, o problema da obesidade infantil vem preocupando os médicos e os profissionais da saúde.O Ministério da Saúde e a Organização Pan- Americana de Saúde em pesquisa recente demonstraram que 15% dos meninos e meninas do Brasil são obesos, nos anos 80 apenas 3% delas eram obesas.

    Provavelmente este quadro se deve ao sedentarismo das crianças que hoje se confinam em suas casas na frente da televisão, videogame, computador e comendo guloseimas hipercalóricas que prejudicam a alimentação necessária e balanceada.

    As nossas crianças antigamente gastavam calorias brincando: de correr, de pular cordas, de soltar pipas, de cabra cega, enfim gastando energia e controlando a obesidade.Hoje devido a violência urbana temos que prender nossos filhos dentro de quatro paredes ou levá-los a clubes ou academias.

    O fato de comer guloseimas ao invés de alimentos sadios tem levado as crianças brasileiras a um estado alarmante de anemia que se assemelha a crianças da Índia que não comem carne por motivos religiosos.Muitas vezes se troca uma alimentação saudável por um doce ou um sanduíche, um suco de frutas por um refrigerante, muitos pais acham natural que seus filhos prefiram uma torta de morangos a comer uma salada de folhas verdes.

    Os pais não podem se esquecer que a criança se proteja totalmente no modelo alimentar dos pais e não sabem distinguir o que é saudável ou não.Algumas vezes a obesidade começa cedo, muitas vezes o bebê recebe uma mamadeira reforçada e engrossada com farinhas todas as vezes que chora, condicionando-o a receber comida sempre que precisar lidar com alguma frustração.

    É muito comum o indivíduo quando está ansioso procurar a geladeira para se acalmar, devora tudo que seu tubo digestivo pode suportar e depois vais se deitar tranquilo e sossegado como um anjo.Com toda certeza esta problemática de compensação emocional se iniciou na infância.

    A obesidade possui etiologia multifatorial, inclusive de fundo genético, relacionado com aspectos emocionais, ambientais, culturais e sociais.Apenas uma pequena parcela da população apresentam realmente alguma alteração endócrina que justificaria um quadro de obesidade, na maioria dos casos o que ocorre realmente é o erro alimentar.

    Hoje sabemos da importância de se fazer uma prevenção da obesidade infantil para se evitar futuros problemas, principalmente no sistema cardiovascular.

    A dieta ideal deveria ser composta de : cereais, tubérculos, raízes, pães, massas, que fornecem carboidratos necessários para o crescimento da criança e devem ser ingeridas de 6 a11 porções diárias; frutas devem ser ingeridas de 2 a 4 porções, vegetais 3 a 5 porções; carnes, aves, peixe, ovos, feijão, e nozes 2 a 3 porções; laticínios 2 a 3 porções e óleo, gordura e açúcar esporadicamente.

    Esta orientação é extraída do “Guia Alimentar da Pirâmide” proposta pelo “Departamento de Agricultura dos EUA, em 1992.A Pirâmide dos Alimentos é um instrumento visual simples e prático que oferece conceitos alimentares importantes como variedades, proporção e, moderação.A realidade da alimentação infantil está reproduzida nesta Pirâmide Alimentar porem de forma invertida. As crianças ingerem muito mais açúcar nos doces, refrigerantes, biscoitos, chocolates, que são alimentos que engordam e não fornecem nutrientes, são as chamadas “calorias vazias”.

    Os derivados do leite são consumidos em excesso e correspondem por mais da metade da alimentação diária de uma criança.O consumo de ferro é menor que a necessidade diária e tem um agravante que é, para que ocorra a fixação do ferro ( do feijão, carnes, nozes, etc.) necessitamos o acompanhamento da vitamina B12 ( presente nos alimentos de origem animal).Portanto a criança terá anemia séria se não comer de forma correta e muitas vezes o que encontramos são crianças obesas e anêmicas.O consumo de frutas e fibras é inexpressivo, embora as vitaminas e fibras sejam essenciais na fase de crescimento e na saúde das crianças.

    Infelizmente o Brasil, na obesidade, só perde para os Estados Unidos, ocupamos um segundo lugar mundial em crianças menores de 10 anos ( EUA =20% de crianças obesas e Brasil = 15%).Os índices de anemia do Brasil são surpreendentes e similares aos encontrados na índia, em crianças menores que 10 anos temos no Brasil cerca de 46% de anêmicos e na índia 53%.

    Para se entender a gravidade deste quadro é preciso saber que a obesidade infantil atrapalha o crescimento da criança e pode provocar má-formações das articulações dos quadris e alterações dos discos intervertebrais.Já a anemia pode provocar uma gama imensa de problemas dos mais diversos como: palidez, cansaço aos esforços, tontura, fraqueza, indisposição, anorexia e até alterações do desenvolvimento intelectual da criança.

    A criança gordinha é sempre admirada e tida como bonita, porem quando se torna adolescente este charme dos quilos a mais vira pesadelo e se inicia uma verdadeira corrida a médicos para perder peso e se livrar da discriminação.A criança gorda será o adulto obeso já diz o ditado popular. O interessante é que a obesidade e a anemia não são o privilégio só da classe baixa. Estas patologias também estão presentes nas famílias mais abastadas.

    Hoje a geladeira da família brasileira estão cheias de comidas semi- prontas, industrializadas, enlatados, salgadinhos, doces, sorvetes e se tornou um hábito frequente comer em lanchonetes.Devemos implantar um cardápio balanceado para todas as refeições e aplicar uma rígida disciplina na alimentação, eliminando as possibilidades de trocar as refeições por guloseimas.O cardápio elaborado deverá ser seguido por toda a família sem exceção, pois é impraticável os pais comerem uma refeição e os filhos outra.

    Negar um chocolate para o filho ou uma bala ou um doce, não é tarefa fácil. O ideal é não ter em casa à disposição e pensar que quando se adquire um hábito saudável o jovem o levará para o resto de sua vida.

    O prognóstico da obesidade dependerá do intercâmbio entre o paciente, familiares e médico, esta relação harmoniosa é que vai garantir adesão ao tratamento com resultados finais satisfatórios e efici6entes.Desta forma estaremos prevenindo o bem estar emocional e físico de nossos filhos e a criação e incorporação de hábitos saudáveis para uma vida longa.

    www.chamedicinal.com.br

    Tratamento profissional com plantas medicinais e ervas medicinais

    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

     
    %d blogueiros gostam disto: